terça-feira, 24 de abril de 2007

Assemelha-te de novo...



"Assemelha-te de novo à árvore que amas, a árvore de grandes ramos : silenciosa e atenta, ela deixa-se pender sobre o mar."


Nietzsche

1 comentário:

Ana disse...

"Soubéssemos ao menos a matéria
de que é feito o que em nós não é matéria"

David Mourão-Ferreira