sexta-feira, 4 de maio de 2007

Homem


Inútil definir este animal aflito.
Nem palavras,
nem cinzéis,
nem acordes,
nem pincéis
são gargantas deste grito.
Universo em expansão.
Pincelada de zarcão
desde mais infinito a menos infinito.

*

António Gedeão

1 comentário:

Ana disse...

"Nothing can ever happen twice.
In consequence, the sorry fact is
that we arrive here improvised
and leave without the chance to practice."

Wislawa Szymborska

ABSOLUTAMENTE PERFEITO!!