sábado, 2 de junho de 2007

Enheduanna



A autoria da mais antiga literatura escrita de que há conhecimento pertencerá a uma mulher, Enheduanna. Filha de Sargão o Grande, Imperador de Akkad, e Grande Sacerdotisa de Nanna, Deus da Lua, viveu em Ur, na Mesopotâmia, cerca do ano 2300 A.C.

Princesa, Poetisa e Sacerdotisa, Enheduanna passou a venerar a Deusa Inanna, Senhora do Céu e da Terra, acima de todos os Deuses do Panteão Sumério, tendo-lhe dedicado hinos que constituem a primeira descrição escrita de uma antiga Deusa.

Ao celebrarem a relação de Enheduanna com Inanna, tais hinos representam também o primeiro relato da consciência de um indivíduo da sua vida interior, e a primeira conceptualização de um Deus pessoal.

“The light was sweet for her,
delight was spread over her,
full of abundanct beauty was she.
As the light of the rising moon,
she too was clothered in enchantment.”


1 comentário:

Ana disse...

Muito interessante!!