sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Que é voar?


Que é voar?
É só subir no ar,
levantar da terra o corpo,os pés?
Isso é que é voar?

Não.

Voar é libertar-me,
é parar no espaço inconsistente
é ser livre,leve,independente
é ter a alma separada de toda a existência
é não viver senão em não-vivência

E isso é voar?

Não.

Voar é humano
é transitório , momentâneo...

Aquele que voa tem de poisar em algum lugar:

isso é partir
e não voltar.



Ana Hatherly

1 comentário:

Ana disse...

Esta fotografia - imponente - faz com que o poema, como diz José Luis Peixoto, não tenha estrofes, tenha corpo.

Sublime!!